How To S

Seccão Como fazer:


Como: Inserir Kext

  1. Copie os ficheiros para /System/Library/Extensions
  2. Abra o Terminal e digite:
sudo -s
sudo chown -R root:wheel /System/Library/Extensions/[NAME].kext
sudo chmod -R 755 /System/Library/Extensions/[NAME].kext
rm -r /System/Library/Extensions/Caches
reboot

use -f no arranque para forcar a reconstrucão dos ficheiros kext.

Ou faca isto permanentemente ao digitar o seguinte no Terminal :

kextcache -a i386 -K /mach_kernel -m /System/Library/Extensions.mkext /System/Library/Extensions

Inserir ficheiros ktext rapidamente:

  1. Abra o terminal, digite
sudo -s
kextload -v [NOME].kext

Como: Activar Root Access

  1. Abra Directory Utility localizado em Aplicações ¬ª Utilitários. //Poderá ter de destrancar o Directory Utility para poder fazer alterações.
  2. Após destrancar, vá até Editar ¬ª Activar Root User, e digite a palavra-chave para o utilizador root.

A conta do utilizador Root está assim activada. Para usar esta conta no terminal (recomendamos cautela quando utilizar esta conta):

  1. Abra o Terminal
  2. Digite
su root
  1. Ser-lhe-á pedida a sua palavra-chave. É a mesma que configurou anteriormente.
  2. Está agora identificado como utilizador root

Como: Inserir e usar Bootloader Flags

Quando o seu sistema teimar em não iniciar, é sempre bom comecar por usar bootflags para averiguar o que está errado com o seu sistema.
Ficam aqui algumas bootflags que poderá usar:

-x (modo de segurança)
-v (modo verboso(descriptivo))
-f (forcar carregamento dos ficheiros kext)
-s (modo de utilizador unico)
system=X86PC

Como: Injectar Kexts no DVD do Leopard

AppleNForceATA.kexts são usados neste exemplo, mas poderá utilizar este método com quaisquer outros kexts que deseje

Para Tiger OSX 10.4.x

1. hdiutil attach /" OSeuFIcheiroISO" -readwrite
2. mkdir ~/inject
3. mkextunpack -d ~/inject /Volumes/YourMountedISO/System/Library/Extensions.mkext
4. rm -rf ~/inject/AppleNForceATA.kext
5. cp -rp /path/to/new/AppleNForceATA.kext ~/inject
6. chown -R root:wheel ~/inject
7. chmod -R 755 ~/inject
8. kextcache -m ~/Extensions.mkext ~/inject
9. rm -rf /Volumes/YourMountedISO/System/Library/Extensions.mkext
10. cp -rp ~/Extensions.mkext /Volumes/YourMountedISO/System/Library

Ejecte, e reinicie.

Para Leopard OSX 10.5.x

1. hdiutil attach /"OSeuFIcheiroISO" -readwrite
2. rm -rf /"Your ISO File"/System/Library/Extensions/IOATAFamily.kext/Contents/PlugIns/AppleNForceATA.kext
3. cp -rp /path/to/new/AppleNForceATA.kext /"Your ISO File"/System/Library/Extensions/IOATAFamily.kext/Contents/PlugIns
4. chown -R root:wheel /"Your ISO File"/System/Library/Extensions/IOATAFamily.kext/Contents/PlugIns/AppleNForceATA.kext
5. chmod -R 755 /"Your ISO File"/System/Library/Extensions/IOATAFamily.kext/Contents/PlugIns/AppleNForceATA.kext

Ejecte, e reinicie

Como: Impedir uma partição de ser montada no arranque (by Voyn1x)

Este tutorial é óptimo para manter o ambiente de trabalho organizado e limpo ao impedir partições às quais não necessita de aceder regularmente, de serem montadas no ambiente de trabalho. Por exemplo, partição Windows, partição Tiger, etc.
Primeiramente obtenha o UUID (identificador universal único) do volume que deseja impedir de ser montado. O UUID pode ser obtido através do Utilitário de Disco - Disk Utility (clique no botão Info e encontrará o identificador universal único.

Agora que já possui este indicador, usando a conta de administrador, crie o seu ficheiro /etc/fstab (este ficheiro não existe no Leopard por defeito):

No Leopard terá de usar vifs para criar e editar /etc/fstab digitando:*.

sudo vifs

Adicione uma linha com o UUID do seu volume e a informação do ponto de montagem, como no exemplo que se segue:

# Identifier, mount point,  fs type,  options
UUID=F0E430C1-5558-3BB3-9FA9-6904B663FEEA  none  hfs  rw,noauto

O identifier é usado para identificar o volume.

O ponto de montagem – mount point é o directório usado quando o volume é montado; determine none para usar o directorio pré-defenido pelo OSX; exemplo ./Volumes/

O tipo de sistema de ficheiros – fs type descreve o tipo de sistema de ficheiros; use hfs para um volume Mac, use ntfs se for um PC com volume formatado em NTFS. O campo opções – options identifica as opções de montagem associadas com o sistema de ficheiros. 'noauto' forçará o volume a ser montado automaticamente; e finalmente, use 'rw' ou 'ro' para um disco de leitura-escrita (read-write) e só de leitura (read-only).

Uma nota de atenção é que aos volumes formatados em FAT32 não é atribuído um UUID. Terá de usar LABEL invés de UUID e alterar fs type para msdos.

Exemplo:

FAT32

LABEL=<drive name> none msdos rw,noauto 0 0

NTFS

LABEL=<drive name> none ntfs rw,noauto 0 0

Guarde o ficheiro e reinicie (para unidades internas) ou desmonte, desconecte e conecte novamente o volume (no caso de drives externas). Agora o sistema não montará a partição definida em fstab. Poderá no entanto, montar esta unidade manualmente com o utilitário de disco ou através da linha de comandos (no caso de um volume que contenha um sistem de arranque, reiniciando a partir do mesmo).

O que poderá também acontecer é que /etc/fstab é ignorado e partição ser montada automáticamente. Existem duas possíveis soluções:*

sudo defaults write /Library/Preferences/SystemConfiguration/autodiskmount AutomountDisksWithoutUserLogin -bool true

Invés de usar"none" como mountpoint use a localização normal, por exemplo /Volumes/WindowsXP juntamente com as opções ro,noauto.

Como: Fazer com que Zeph AMD Software Update corra através do menu Apple

Navegue até /System/Library/CoreServices/

Localize Software Update na lista. Faça uma cópia de segurança da aplicação e guarde-a num disco externo e ejecte o mesmo - Isto foi feito porque eu não tinha a certeza de como quebrar a ligação simbólica (reiniciar poderá resultar também mas não testei).

Substitua por Zeph Software Update.

Clique em Software Update no menu Apple!

Como: Instalar Windows XP AHCI driver para SB600 (by Martin953)

Para aqueles que possuem AMD SB600 Southbridge OSX86 é mais fácil de instalar quando o controlador SATA está em modo AHCI (o instalador vê todos os discos rígidos SATA e é possível particionar e escolher qualquer um como ponto de instalação) mas se quiser ter a possibilidade de escolher entre 2 sistemas operativos (como Windows XP tal como eu) e tiver instalado Windows XP anteriormente com o controlador SATA em modo IDE - é uma chatice. Terá de aceder à BIOS cada vez que quiser mudar de sistema operativo e mudar o controlador SATA do modo AHCI para IDE ou vice-versa. Portanto eu procurei e encontrei uma solução:

1.Arranque XP em modo IDE.
2.Copie o ficheiro "ahci8086.sys" do arquivo de drivers incluído para "C:\Windows\System32\Drivers".
3.Clique com o botão do lado direito do rato no ficheiro"AHCI-InstallXP32.reg" e escolha convergir.
4.Reinicie. Aceda á BIOS e active o modo AHCI. Guarde as alterações e reinicie novamente. Arranque com Windows e… divirta-se!

Informação original proveniente do site Alemão:
"http://62.109.81.232/cgi-bin/sbb/sbb.cgi?&a=show&forum=2&show=2290"

Como: Colocar o chipset 780G (SB700) completamente funcional (by nicholasblock)

Este tutorial funciona no chipset 780G com o Southbridge SB700

Demorei imenso tempo para compreender e conseguir pôr a funcionar correctamente. Primeiro queria agradecer SenVa por ter disponibilizado os kexts do Southbridge SB700. Ele providenciou os ficheiros correctos e eu só tive de arranjar maneira de os integrar num CD de instalação de OSX86. Gostaria de salientar de que sou completamente inexperiente mas deveras interessado em colocar Macintosh num PC e que nunca antes tinha escrito um guia ou tutorial sobre este tema, mas espero que seja explícito e claro o suficiente, senão enviem-me uma mensagem privada e fico contente se puder ajudar. Queria fazer notar que todas as unidades de discos rígidos e discos ópticos ficam visíveis após a instalação e a própria instalação é rápida e finalizada em cerca de 25 minutos.

O que irá precisar:
1. SB700.kext (incluído no post)
2. Uma cópia de Transmac ou outro programa que permita colocar ficheiros numa imagem iso.
3. Kalyway 10.5.2 (Eu não testei outra distro portanto estão por vossa conta e risco se testarem outra qualquer!)

O que fazer:

1. Abra Transmac. Na metade superior do programa abra o ficheiro SB700. kext. Aí poderá ver dois ficheiros extensions.mkext e um directório Extensions.
2. Na parte inferior do programa abra a imagem kalyway.
3. Vá até HFS+ volume/system/library/ na imagem kalyway
4. Arraste o ficheiro extensions.mkext da metade superior para a metade inferior e substitua o existente na imagem kalyway.
5. Na metade superior, vá até ao directório Extensions. Lá verá dois ficheiros. Arraste-os para o directório Extensions na imagem e substitua quaisquer ficheiros que seja pedido para substituir.
6. E está finalizado. Tem agora uma imagem Kalyway com suporte SB700.

Mas infelizmente ainda não está livre de perigo. Isto deverá ser instalado em modo IDE, portanto terá de aceder à BIOS e fazer esta alteração. Simultaneamente fiz outras alterações que parecem ter surtido efeito mas não sei se terá também de as fazer. O que alterei foi activar a virtualização e ACPI para S3. Por razão que desconheço, a imagem do Kalyway não suporta o meu rato e teclado PS/2 e tive de usar rato e teclado USB. Agora o único passo que resta é arrancar o sistema com – f flag o que é feito somente uma vez, ficando o suporte para SB700 operacional. Se tiver alguma dúvida ou perguntas, enviem-me uma mensagem privada. Como referi, este é o meu primeiro tutorial, se é que se lhe pode chamar tutorial.

Não consegi fazer o upload dos meus ficheiros para aqui mas aqui têm uma hiperligação.

www.esnips.com/web/nicholasblocksStuff

+++Como: Actualizar uma instalacão de OSX Server já existente (by Voyn1x)

AVISO:Efectuar esta instalação no topo de uma já existente, irá fazer com que a actual conta de administrador seja modificada para uma conta normal. Fará também que todos os documentos dos utilizadores revertam para os que vêem de origem com o servidor. Faça uma cópia de segurança antes de continuar.

Primeiramente terá de activar a visulização dos ficheiros invisíveis. Seguidamente abra o DVD de instalação do servidor ou imagem de disco e navegue para /System/Installation/Packages/

Instale a layer servidor ao correr MacOSXServerInstall.mpkg. Após reinicia ser-lhe-á apresentado o procedimento de configuração do servidor e ser-lhe-á pedido o número de série. A maioria dos utilizadores deverá aceitar a configuração de origem.

Repare as permissões e corra a ferramenta Marvin na partição para reparar o bug de crashar com problemas de segmentação, usando o meu ficheiro de cpuid.

Se reparar no menu Apple, “Sobre este Mac”, verá que está a correr a versão servidor 10.5.0. Terá de usar Zeph ASU para actualizar o servidor para corresponder ao cliente. Com Mac OSX Server Update Combined, certificando-se que escolhe a opção “Modify only” (modificar somente). Depois da ferramenta de actualização (ASU) correr, ficará com uma pasta PKG modificada, contendo dois ficheiros .pkg. Se já estiver a correr 10.5.4 só terá de instalar
MacOSXServerUpdCombo10.5.4.pkg e reiniciar.

Depois de actualizar para 10.5.4, o número de série que usei tornou-se inválido. Terá de encontrar outro número de série nos sítios do costume como eu fiz.

Finalmente, irá notar que receberá montes de notificações postfix sobre “File not found” na consola. Para resolver esta situação, repare postfix digitando no terminal:

sudo /etc/postfix/post-install create-missing

Use e abuse!!!

server-preview.png

Como: Reparar Rosetta (Aplicações PPC que crasham) (by Puttabong)

Primeiramente verifique que Rosetta está instalado correctamente. Para tal digite no terminal.

/usr/libexec/oah/translate

Se estiver correctamente instalado, deverá ver esta mensagem:
rosetta.png

Pelo contrário, se não estiver correctamente instalado verá"Illegal instruction", "Bus Error"ou algo semelhante. Tente o seguinte:

1.Faça o download deste ficheiro: http://rapidshare.com/files/96033590/oah.zip.html

2. Como roo mova o directório /usr/libexec/oah para outra localização como cópia de segurança.

3. Descompacte o ficheiro para /usr/libexec/

4. Divirta-se com a sua aplicação PPC !


Se preferir usar a linha de comandos:

Abra o Terminal,

sudo -s 
cd /usr/libexec
cp -R oah oah.bak
rm -rf /usr/libexec/oah
cp -R ~/Downloads/oah .

Se não gostar do Terminal e quiser invés usar o Finder:

- Pressione Alt+Shift+G(Command+Shift+G num teclado Mac). Digite como destino /usr/libexec/
- Procure por'oah' e abra-o
- Duplo clique em 'translate'. Uma janela com uma mensagem deverá aparecer.

No caso de ter de substituir “oah”, copie a versão antiga para um sítio seguro como sugerido. Agora copie a nova versão para o directório. Terá de digitar a palavra-chave. Seguidamente utilize o Utilitário de Disco para reparar as permissões
.

Como: Ocultar o mach_kernel (by R0GUE)

Para aqueles que actualizaram para um novo kernel mas que notaram que o antigo é ainda visível no Finder, siga este guia.

Abra o terminal e digite:

cd /
pico .hidden
mach_kernel

Agora pressione"ctrl+x" seguido de "y" para guardar.

Terá de reiniciar o Finder para as alterações terem efeito. Para tal digite no Terminal:

killall Finder

ou vá até o menu Apple >Forçar Saída>Finder>Relaunch.

O kernel deverá agora estar oculto.

Como: Instalar a partir de um USB stick (ou disco rígido externo) (by zuz242)

[[div class="page-content-tcat"]]
Uma maneira fácil e rápida de experimentar novas e diferentes distros ou aceder às ferramentas do disco de instalação consiste em usar unidades de armazenamento externas USB invés de DVD.

Vantagens:

  • Rápido
  • Funciona sem DVD (sem mensagens de"no boot device" relacionadas com falta de suporte para determinado chipset).
  • Facilidade de criar novas distros sem ter de gravar milhares de discos.

Necessário:
Um sistema OSX a correr normalmente, Distro (DVD,.iso ou melhor ainda .dmg) e o instalador chameleon.

A fazer:

  1. Particione o usb stick (numa unidade de 8gb: 5gb para a distro, 3gb para kexts pós-tinstalação, aplicações)
  2. Converta / clone a distro em um ficheiro .dmg usando o utilitário de disco (disk utility) do OS X.

#Verifique a imagem .dmg com o utilitário de disco.

  1. Restaure a imagem .dmg para o USB stick (ou disco rígido).
  2. Use o instalador chameleon para tornar o USB stick capaz de arrancar o sistema.

Agora este USB stick ou o disco externo deverão funcionar como um DVD de instalação se forem configurados para tal na BIOS.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License